De Corruptione

De Corruptione é uma linha de pesquisa, do Programa de Estudos Medievais da Universidade de Brasília (PEM-UnB), que se dedica a estudar o conceito de corrupção na Idade Média, como problema de História Política. O objetivo vai além da forma circunscrita como o conceito vem sendo considerado na contemporaneidade, reduzido às manifestações da venalidade e do suborno.

Sem descurar desse aspecto, pretende-se alargar o escopo para recuperar uma visão mais ampla e complexa com base em uma perspectiva clássica de degeneração e de ruptura em relação ao corpo social. A ampliação da abrangência permite, por um lado, refletir criticamente sobre interpretações que reduzem o tema a manifestações episódicas de grupos e/ou de indivíduos, mas, também, sobre aquelas que explicam a sua recorrência como prova da natureza corrupta das sociedades humanas.

Para superar os reducionismos e os fatalismos que tais abordagens produzem é necessário estudar a corrupção pela ótica da História, para compreendê-la como um constructo que tem suas especificidades no tempo e no espaço, com ramificações que permitem apropriações e reelaborações na longa duração.

Embora as abordagens históricas sobre a corrupção possam ser desenvolvidas a partir de diferentes óticas, este grupo privilegia o campo da política, configurado, sobretudo, por meio de uma concepção do poder assentada no pluralismo jurídico. Em termos metodológicos, discursos – de todos os tipos – serão analisados em conjunto com as práticas, não como evidência de (des)cumprimento de preceitos éticos, mas como interação com vistas a traduzir cenários políticos

Coordenadores: Maria Filomena Coelho e Leandro Duarte Rust